Direito Romano Arcaico - III Parte
(O Direito)

Claudio Henrique Ribeiro da Silva

Creative Commons License Página « 1 2 3 4

Índice

Direito Romano Arcaico - I Parte. Capítulo I. Capítulo II.
Direito Romano Arcaico - II Parte. Capítulo III.

4. O Direito arcaico 4.1. Religião e Direito Arcaico. 4.2 Mores e Leges. 4.3. O Direito secreto. 4.4. Formalismo e Direito romano. Bibliografia da Parte III

 

Bibliografia Referida:

CANFORA, Luciano. Júlio César: o Ditador Democrático. Tradução de Antônio Silveira Mendonça. São Paulo: Estação Liberdade, 2002.

CORREIA, Alexandre. Manual de Direito Romano Vol. II – Institutas de Gaio e de Justiniano Vertidas para o Português em Confronto com o Texto Latino. São Paulo: Saraiva, 1951.

CROUZET, Maurice. História Geral das Civilizações – Roma e seu Império. Tradução de Pedro Moacyr Campos. São Paulo: Bertrand Brasil S.A., 1993.

DESBORDES, Françoise. Concepções sobre a Escrita na Roma Antiga. Tradução de Fúlvia M. L. Moretto e Guacira Marcondes Machado. São Paulo: Ática, 1995.

FIUZA, César. Direito Civil – Curso Completo. 5. ed., Belo Horizonte: Del Rey, 2002.

FOUSTEL DE COULANGES, Numa Denis. A Cidade Antiga. São Paulo: Martin Claret, 2002.

FRANÇA MADEIRA, Hélcio Maciel. Digesto de Justiniano – Livro I. Edição Bilíngüe. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2000.

FRANÇA MADEIRA, Hélcio Maciel. História da Advocacia – Origens da Profissão de Advogado no Direito Romano. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2002.

GIBBON, Edward. Declínio e Queda do Império Romano. Edição Abreviada. Tradução de José Paulo Reis. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

GOMES DA SILVA, Nuno J. Espinosa. História do Direito Português – Fontes de Direito. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1991.

HESPANHA, António Manuel. Panorama Histórico da Cultura Jurídica Europeia. Portugal: Europa-América, 1998.

LE GOFF, Jacques (organizador) e outros. História Nova. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

LIVIUS, Titus. The Early History of Rome. Books I – V of The History of Rome from its Foundation. Translated by Aubrey de Sélincourt. London: Penguin Books, 1971

MEIRA, Silvio Augusto de Barros. A Lei das XII Tábuas. Fonte do Direito Público e Privado. Rio de Janeiro: Forense, 1961.

MENEZES CORDEIRO, Antônio Manuel da Rocha. Introdução à Edição Portuguesa.(APUD) Pensamento Sistemático e Conceito de Sistema na Ciência do Direito. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1989.

PARICIO, Javier e BARREIRO, A. Fernández. Historia Del Derecho Romano y Su Recepción Europea. Madrid: Centro de Estúdios Ramón Areces, 1997.

RICCOBONO, Salvatore. Roma, Madre de las Leyes. Tradução de J. J. Santa-Pinter. Buenos Aires: Depalma, 1975.

SALDANHA, Nelson. “Pensando sem Influência de Opiniões Alheias”. Revista da Faculdade Integrada da Bahia. Ano I, n° 1, outono de 1999. [on line]. Disponível em: <  http://www.teiadehipertexto.fib.br/a1n1/txt1.htm>. Acesso em 27 de janeiro de 2003.

SMITH, William. A Dictionary of Greek and Roman Antiquities: John Murray, London, 1875. [on line]. Disponível em: <http://penelope.uchicago.edu/Thayer/E/Roman/Texts/secondary/SMIGRA/home.html>. Acesso em 03 de novembro de 2008.

WANDER BASTOS, Aurélio. O Ensino Jurídico no Brasil. Rio de Janeiro: Lumem Juris, 2000.

 

Página « 1 2 3 4