Dezembro de 2009

 

Por data:

Página Inicial

Página Inicial do Blog

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Belo Horizonte - 23 de dezembro de 2009
Quarta-feira - 01:00h

Caso Goldman: Decisão do Ministro "Pompas" Gilmar Mendes no Mandado de Segurança MS 28524.

As idas e vindas do processo envolvendo o Jovem Goldman parecem piada, ou, como diriam os alunos da UFOP, trote. Em um dado momento sai notícia de que o garoto será entregue ao consulado americano (ao pai biológico), e no instante seguinte tem-se a informação de que tudo mudou.

Ora fica, ora vai, ora fica, ora vai.... Assim toca o “samba do crioulo doido” do litígio em torno do caso. E muito disso se dá porque a família brasileira do garoto (e nisso não os julgo) tem, literalmente, usado e abusado das vias recursais para evitar a entrega do jovem. Pan-americana é a história deste feito, envolvendo um titular de cidadania brasileira e norte americana, em formato de novela mexicana.

Continue lendo e conheça a íntegra de decisão no MS 28524 »»

Belo Horizonte - 20 de dezembro de 2009
Domingo - 23h41min

Cantata de Natal da Igreja Batista Central de Belo Horizonte.

É chegado o final de mais um ano, e eis que se aproxima o Natal, a grande e super mega-data festiva dos cristãos. E sendo como é, uma festa da cristandade, é natural que toque muito e ainda mais quem tenha fé. Quem tem, afinal, tudo o que comemorar.

Quanto a mim, saudoso do espírito dos natais passados, descrente no espírito do natal presente, e temeroso do espírito dos natais futuros, convidado que fui, assisti a Cantata de Natal da Igreja Batista Central de Belo Horizonte.

Continue lendo »»

Belo Horizonte - 19 de dezembro de 2009
Sábado - 01h26min


Prazo para lançamento de notas só termina quando acaba.

Quem leciona bem sabe: o momento mais tenso do calendário acadêmico é o final de semestre. Com todo mundo cansado, desde o porteiro até o reitor, esta é também a hora da verdade no que tange a divulgação de resultados e notas.

É então que acontece um fenômeno curioso, até certo ponto compreensível, mas que às vezes extrapola qualquer medida de razoabilidade.

Refiro-me ao desespero, à ânsia, à loucura desesperada em que alguns discentes ardem “esperando” pelas notas.

É como uma espécie de frenesi que faz com que os alunos telefonem, mandem e-mails, mensagens no celular, no twitter, no orkut, facebook, e onde quer que possa o professor existir.

Continue lendo »»

Belo Horizonte - 17 de dezembro de 2009
Quinta-feira - 12h16min


Nova "Lei do Inquilinato" não existe.

Recebi, de um amigo/aluno, um questionamento quanto à chamada “nova lei do inquilinato” (tal como a tem designado a imprensa), e esta postagem tem o objetivo de endereçá-lo.

Para começar, tal nome, lei do inquilinato, não é técnico. É apenas a designação que a mídia tem dado. E não há, decerto, lei que trate apenas da matéria do “inquilinato”. Há, sim, a lei que trata de locações de imóveis urbanos (Lei n° 8.245/1991), cuja matéria extrapola (embora abranja) sensivelmente a questão do inquilinato.

Continue lendo »»

Belo Horizonte - 17 de dezembro de 2009
Quinta-feira - 01h11min


Botão "de Poder": a medida da "Liberdade na TV".

Já postei sobre minha indignação com a campanha “Liberdade na TV”, e isso não é porque eu seja contra qualquer espécie de liberdade. Simplesmente, trata-se de campanha promovida exatamente por quem se beneficia da venda casada na contratação de canais por assinatura. É uma ode à hipocrisia.

Hoje, ao rever a miserável peça publicitária da campanha, tive curiosidade de conferir o quão livre tenho sido no que tange a minha assinatura de TV, e tomo agora a liberdade de compartilhar os "resultados" com os leitores do Blog.

O ponto de partida está em determinar os canais que realmente me interessam. E quanto a isso, com todo respeito às inúmeras opiniões em contrário, e tendo consultado os "oráculos", descobri que desejo ter apenas sete canais: History Channel, Discovery, National Geograhic, CNN, Fox News, Globo News e GNT.

Sou solteiro, moro sozinho, e mal tenho tempo para assistir televisão. Não preciso de mais canais que isso.

Mas isto não é o que entendem as operadores que comercializam os pacotes. A começar pela OI, que é a minha provedora.

Continue lendo »»

Belo Horizonte - 16 de dezembro de 2009
Quarta-feira - 12h42min


Campanha "Liberdade na TV", da ABPTA (ABTA), é um acinte à inteligência dos consumidores de TV por assinatura.

A história não é nova, vem desde 2007. Mas foi só por estes dias que eu pude ver a famigerada campanha da ABPTA (Associação Brasileira dos Programadores de TV por Assinatura), denominda Liberdade na TV, contra o PL 29/2007. Ou melhor, contra o sistema de quotas para a produção audiovisual brasileira previsto no projeto.

Isto porque o projeto determina que uma parcela da programação dos canais a cabo de “espaço qualificado” seja de produção brasileira independente. Justamente o que a ABPTA e a ABTA não querem.

E agora, no momento em que o projeto volta a tramitar nas comissões da Câmara dos Deputados, temos (assinantes de TV) a inteligência subestimada, como de costume, pela acintosa campanha da ABPTA em prol dos interesses dos programadores internacionais.

Em 2007 assinava a mesma campanha a ABTA (Associação Brasileira de TV por Assinatura), mas o material foi retirado do ar por decisão do Conar, após Representação do CBC (Congresso Brasileiro de Cinema) e de diversos consumidores, sob o argumento de que a campanha distorcia os fatos com o objetivo de angariar assinaturas e influenciar parlamentares. O anúncio saiu do ar, mas a representação acabou arquivada.

Antes da ABTA, agora da ABPTA (faz diferença?), a campanha continua a mesma, e nem dá para perceber que é "outra" a entidade por detrás da farsa.

Abaixo o referido vídeo. Em seguida eu volto "moendo".

Continue lendo »»

Blog do Bigus - Copyright © 2008-2010 - Claudio Henrique Ribeiro da Silva - Alguns direitos reservados.